Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens

PF faz buscas na casa de José Serra e bloqueia R$ 40 milhões na Suíça



O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, nesta sexta-feira (03 de julho), o ex-governador e atual senador José Serra e sua filha, Verônica Allende Serra, pela prática de lavagem de dinheiro transnacional. 

Segundo a denúncia oferecida pela força-tarefa Lava Jato de São Paulo, José Serra, entre 2006 e 2007, valeu-se de seu cargo e de sua influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul. Milhões de reais foram pagos pela empreiteira por meio de uma sofisticada rede de offshores no exterior, para que o real beneficiário dos valores não fosse detectado pelos órgãos de controle. 

As investigações, conduzidas em desdobramento de outras frentes de trabalho da Lava Jato de SP, demonstraram que José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes, e por meio delas receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo. Neste contexto, realizaram numerosas transferências para dissimular a origem dos valores, e os mantiveram em uma conta de offshore controlada, de maneira oculta, por Verônica Serra até o final de 2014, quando foram transferidos para outra conta de titularidade oculta, na Suíça. 

Operação Revoada – Paralelamente à denúncia, a força-tarefa também deflagrou, nesta data, a operação Revoada para aprofundar as investigações em relação a outros fatos relacionados a esse mesmo esquema de lavagem de dinheiro em benefício de José Serra. Com autorização da Justiça Federal, oito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ). 

Até agora, a força-tarefa já detectou que, no esquema envolvendo Odebrecht e José Serra, podem ter sido lavados dezenas de milhões de reais ao longo dos últimos anos. Com as provas colhidas até o momento, o MPF obteve autorização na Justiça Federal para o bloqueio de cerca de R$ 40 milhões em uma conta na Suíça.


Fonte: Folha Politica

FACEBOOK CENSURA SITES INDEPENDENTES


Estamos diante de uma forte censura, arbitrária e seletiva, responsável por reduzir o alcance de páginas provocando graves prejuízos para sites independentes, tanto financeiros quanto de tempo de dedicação na produção de conteúdo, propagação e estratégia de comunicação na referida rede social.


A rede social facebook censurou e bloqueio o domínio www.tvitabaianinha.com da TV ITABAIANINHA junto com postagens de notícias verídicas, algumas que teve como fontes, citada nas matérias o portal G1, Receita Federal do Brasil e a Agência Brasil, a plataforma alegou no bloqueio que as últimas notícias compartilhada na plataforma eram spam.

As noticias foram compartilhadas em nossas paginas no facebook e no grupo da TV ITABAIANINHA, tambem em alguns grupos que fazemos parte como usuario, o espam é uma mensagem eletrônica que chega ao usuário sem a sua permissão ou sem seu desejo em recebê-lo. Geralmente são recebidas por e-mail, mas também podem circular pelas redes sociais ou comentários de blogs. O SPAM tem um fundo geralmente comercial, mas também pode assumir um viés criminoso.
Na maioria dos casos, a mensagem de SPAM promove algum produto ou serviço. Mas, em outras situações, ele tem o objetivo simplesmente de difundir histórias falsas, conhecidas como “hoax” ou conseguir os dados financeiros e pessoais dos usuários.

vejam as sequências de postagem que foi censurada pela plataforma facebook, e tire suas próprias conclusões.



3 - Operação Ásia: investigação revela fraude bilionária na importação de produtos asiáticos ( Essa matéria teve como fonte a Receita Federal )




Entramos em contato com o facebook para tentar entender o que aconteceu e ate o momento não nós retornarom. 
Leia o ter da mensagem que enviamos ao facebook;

Gostaria de ter direito de resposta e tentar entender o motivo o qual as postagens compartilhada para o facebook foi considerada spam? O facebook bloquiou o link do site www.tvitabaianinha.com por considerar que as mesmas é spam, que na verdade são notícias verídicas, e acontecimentos reais, inclusive uma dessas matérias foi produzida pelo portal G1 (Aglomeração durante show em fazenda de deputado termina em caso de polícia), onde citamos no site a fonte da notícia. Esta outra matéria também foi considerada spam (CBF sinaliza que abertura do Brasileirão 2020 pode ser em 9 de agosto) essa matéria foi produzida pela Agência Brasil e também citamos a fonte, essas e outras foram apagadas pelo facebook por achar que se trata de spam! Se existe um erro ou algo que se possa resolver e concertar? Busco um entendimento junto ao facebook. Somos um site independente e sem vínculos políticos! Nosso domínio está sendo criminalizado, acuado ou até mesmo censurado ao ser impedido a participar do facebook.. esse é nosso sentimento! Somos contra a propagação de notícias falsas, não permitimos em nosso grupo no face TV ITABAIANINHA que seja compartilhada fake news ou notícias de ódio ou outros assuntos imoral. aguardando um entendimento.

Censura: é a desaprovação e consequente remoção da circulação pública de informação, visando à proteção dos interesses de um estado, organização ou indivíduo. Ela consiste em toda e qualquer tentativa de suprimir a circulação de informações, opiniões ou expressões artísticas.


Brasil e EUA só falam em ‘Parler’ — a rede social ‘contra censura’ na internet

A rede social Parler é apresentada como uma alternativa focada na liberdade de expressão ao Facebook e Twitter – e segue crescendo cada vez mais.

Desde a sua fundação em 2018 por John Matze e Jared Thomson — a plataforma agora está atraindo uma variedade de comentaristas de direita, políticos e apoiadores de Donald Trump, além de oferecer um refúgio seguro para qualquer pessoa que deseja compartilhar suas opiniões políticas ou religiosas sem correr o risco de ser censurado.

A plataforma assegura ser uma “entidade orientada à liberdade de expressão” e alega não compartilhar dados com terceiros, dizendo: “Não somos reguladores. Não somos governadores. Somos uma comunidade. Parler aceita o seu direito de expressar seus pensamentos, opiniões e ideais online”.

Matze e Thomson disseram que criaram a plataforma depois de ficarem “exaustos com a falta de transparência na grande supressão tecnológica e ideológica”.

Nos últimos meses, menções sobre Parler dispararam na internet após ondas de censuras no mundo inteiro por parte do Facebook e do Twitter.

Segundo a Forbes, a plataforma afirma ter mais de um 1 milhão de usuários.

O layout do Parler é semelhante ao Twitter, usando ‘ecos’ em vez de retweets e permitindo que outras contas deem gorjetas ou ‘votem positivamente’ nas postagens de que gostam, como a seção de comentários do Reddit.

Uma variedade de hashtags populares é vista no canto superior da página principal.


Ao se inscrever, a Newsweek mostra a opção de personalizar um perfil seguindo portais como Conexão Política,Tv Itabaianinha entre outros.



Fonte: Conexção Politica


Operação Hemera investiga fraudes em programa do Governo Federal

Imagem: PF


Agricultores utilizavam notas fiscais adulteradas para receber seguro


Passo Fundo/RS - A Polícia Federal deflagra, na manhã desta terça-feira (30/6), a Operação Hemera, que investiga fraudes no Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (PROAGRO) do Governo Federal.


Cerca de 30 policiais federais cumprem 9 mandados de busca e apreensão nos municípios de Passo Fundo, Ijuí, Tapera e Salto do Jacuí.


A investigação teve início em 2019 para apurar possíveis fraudes na obtenção do seguro agrícola, referentes às safras dos anos de 2016 e 2017.


Os agricultores, após obterem financiamento agrícola através dos Programas Federais PRONAF e PRONAMP, alegavam perdas na produção e utilizavam notas fiscais de aquisição de insumos adulteradas para então receber o seguro. Diligências realizadas identificaram que um grupo de empresas e pessoas físicas forneciam essas notas fiscais aos agricultores.


Os crimes investigados são falsificação de documento particular, uso de documento falso e tentativa de estelionato.


A operação foi denominada Hemera, deusa mitológica grega que representa o Sol, o ciclo da manhã e a fertilidade da terra.



Fonte: PF




Auxílio emergencial de R$ 600 é prorrogado por mais dois meses

Foto: Divulgação

👍

Benefício atende quase 65 milhões de brasileiros

O presidente Jair Bolsonaro assinou na tarde desta terça-feira (30) o decreto que prorroga, por mais dois meses, o auxílio emergencial de R$ 600, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda durante a pandemia da covid-19. Com isso, cerca de 65 milhões de pessoas que tiveram o benefício aprovado receberão mais duas parcelas, no mesmo valor.

"Obviamente, isso tudo não é apenas para deixar a economia funcionando, viva, mas dar o sustento para essas pessoas. Nós aqui que estamos presentes sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada é muito", afirmou Bolsonaro em discurso no Palácio do Planalto.

A solenidade de prorrogação do programa foi acompanhada pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre. Diversos ministros, além do vice-presidente, Hamilton Mourão, também participaram da cerimônia. Veja a íntegra do evento:


"São mais duas prestações e nós esperamos que, ao final dela, a economia já esteja reagindo, para que nós voltemos à normalidade o mais rapidamente possível", acrescentou o presidente.


A Lei 13.982/2020, que instituiu o auxílio emergencial, foi aprovada pelo Congresso Nacional em abril e previa a possibilidade de que um decreto presidencial prorrogasse os pagamentos, desde que mantidos os valores estabelecidos.


Até a semana passada, o governo federal avaliava estender o auxílio por mais três meses, mas reduzindo o valor de cada parcela de forma decrescente, para R$ 500, R$ 400 e R$ 300, respectivamente.


"Estamos aqui para anunciar, pelo presidente, que cumprindo o que o Congresso Nacional nos determinou, de que poderia, por ato do Poder Executivo, prorrogar as três parcelas emergenciais, e é o que o presidente está fazendo hoje, para garantir, por mais dois meses, a continuidade do programa, que é essa grande rede de proteção, que permitiu, junto com o BEM, que é o benefício emergencial para aqueles que têm trabalho, que preservássemos mais de 10 milhões de empregos e entendêssemos essa rede de proteção a 65 milhões de pessoas", afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.


O governo federal começou a pagar essa semana a terceira parcela do auxílio. 


De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, não será necessário um novo cadastro para receber as novas parcelas do auxílio emergencial. Todos aqueles que tiverem o benefício aprovado receberão os pagamentos normalmente, tanto por meio das contas digitais, quanto pelos saques nas agências bancárias e casas lotéricas.


"Temos 65 milhões de pessoas aprovadas, temos um milhão de pessoas que a Dataprev ainda está analisando, então todas essas pessoas receberão não só as três parcelas, mas agora as cinco parcelas", afirmou a jornalistas, após a cerimônia no Palácio do Planalto. O calendário de pagamento das novas duas parcelas do programa ainda será anunciado pelo governo.


Para quem preenche os requisitos para obter o auxílio emergencial, o prazo para novos cadastros termina nesta quinta-feira, dia 2 de julho. Até agora, mais de 124 milhões de solicitações foram realizadas e cerca 65 milhões de pessoas foram consideradas elegíveis. Outras 41,5 milhões, segundo o Ministério da Cidadania, foram apontadas como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa.




Fonte: Agência Brasil


Promotores e procuradores denunciam Alexandre de Moraes e STF em Corte Internacional



A associação MP Pró-Sociedade, que reúne membros do Ministério Público de perfil conservador, recorreu à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, denunciando o Supremo Tribunal Federal pelos atos realizados nos inquéritos conduzidos pelo ministro Alexandre de Moraes, e pela autorização para continuidade dos inquéritos concedida pelo plenário do STF.

A denúncia traz um pedido liminar, requerendo a imediata paralisação dos inquéritos, e pede sua posterior anulação, “em favor das vítimas brasileiras que sofreram e estão a sofrer constrangimento ilegal e violação à liberdade de expressão, informação, de imprensa, manifestação e de locomoção, bem como aos direitos processuais fundamentais (due process of law) em razão dos atos praticados pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL brasileiro (doravante Representado) na condução das investigações extrapoliciais realizadas no Inquérito Judicial nº 4.781, (...) bem como em razão dos atos praticados pelo órgão Plenário do Representado, por violar diretamente os direitos fundamentais resguardados pela Convenção Interamericana de Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica de 1969)”.
Ao explicar a urgência da medida cautelar, os promotores e procuradores dizem:
A urgência da providência Cautelar por parte da CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS se justifica pelo fato de que os cidadãos brasileiros já sofreram e continuam a sofrer sérios cerceamentos ilegais à sua liberdade de locomoção, manifestação, de informação e de expressão em razão das arbitrariedades praticadas pelo Supremo Tribunal Federal brasileiro, na condução da investigação realizada pelo Inquérito n.º 4.781, ante a flagrante violação ao princípio do sistema acusatório do processo penal brasileiro, como exposto anteriormente, inclusive com decretação de medidas pontuais e constritivas de direitos a seguir delineadas, entre outras:
1) Realização de busca e apreensão, no dia 16 de abril de 2019, na casa do general da reserva do Exército Brasileiro, Paulo Chagas com a apreensão de um notebook, marca CCE, cor preta, modelo Ultrathin U25, serial number 3226 e de mais sete pessoas;
2) Buscas e apreensões recentemente feitas, em 27 de maio de 2020, nas casas de ex-deputado federal Roberto Jefferson, do empresário Luciano Hang, fundador da HAVAN, Edgard Corona, presidente da rede de academias SMART FIT, blogueiros e militantes;
3) Censura a órgãos de comunicação, tais como CRUSOÉ, ANTAGONISTA, em 15 de abril de 2019;
4) Apreensão dos equipamentos do jornal FOLHA POLÍTICA, que é estritamente digital equivalendo, por conseguinte, ao fechamento do primeiro jornal decorrente deste inquérito inconstitucional das fake news.
As inconstitucionalidades praticadas na instauração e na condução dessa investigação são evidentes e exigem uma pronta resposta por parte deste órgão do Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos em respeito à Convenção Interamericana de Direitos Humanos, considerando ainda a gravidade de que tais violações são praticadas pelo órgão máximo de Justiça brasileira, o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL brasileiro.
Temos, com efeito, a estranha figura do juiz brasileiro, que é possível vítima de crimes por ele mesmo investigado e submetido ao seu próprio e exclusivo julgamento, e sem direito a apelação. Assim, o juiz da causa é ao mesmo tempo a suposta vítima e o delegado (a autoridade policial) do caso, ou seja, o REPRESENTADO transformou o Tribunal em verdadeira Delegacia de Polícia, fulminando o princípio acusatório e aniquilando, por sua vez, a imparcialidade do julgador. Há, portanto, violação expressa do artigo 8.1, da Convenção Americana de Direitos Humanos.
Urge, portanto, fazer cessar imediatamente o prosseguimento do referido inquérito, até que, ao final, seja determinada a sua remessa ao Departamento de Polícia Federal, órgão de polícia judiciária com atribuição para apurar crimes contra autoridades federais, em face do exercício funcional. Nesse situação as investigações deverão ter ainda o objeto devidamente limitado, com a indicação segura de quais fatos estão a serem apurados, porque o que existe hoje é a sensação clara de perseguição a quem pense diferentemente da Corte através do referido inquérito que, como dito, não tem objeto definido, conforme consta na vaga descrição do objeto da Portaria GP de n.º 69, de 14 de março de 2019”.
Os promotores e procuradores apresentam uma extensa lista de violações de direitos no âmbito dos inquéritos conduzidos por Alexandre de Moraes. (...)



Fonte: Folha Politica

Aglomeração durante show em fazenda de deputado termina em caso de polícia


Aglomeração durante live - Foto: Reprodução 

Valdevan Noventa disse que não foi responsável pelo evento; vice-prefeito da cidade falou durante a transmissão que organizou festa no aniversário do parlamentar.


Uma live de um cantor sergipano realizada na noite desse sábado (20) em uma fazenda do deputado federal Valdevan Noventa (PSC), no município de Arauá, no Sul sergipano, terminou em caso de polícia após vídeos circularem pelas redes sociais. O conteúdo mostra aglomerações de pessoas sem máscaras, o que é proibido pelo governo do estado em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Em um dos vídeos, o deputado, que fazia aniversário no dia do evento, aparece discursando no palco. Por meio de nota, a assessoria do parlamentar disse que ele não era o responsável pela festa e que apenas cedeu o espaço gratuitamente. Também informou que foi exigido que as pessoas presentes estivessem portando álcool em gel e usando máscaras. A assessoria ainda afirmou: “Valdevan foi convidado para subir ao palco e, naquele momento, retirou sua máscara para se pronunciar. Logo após, deixou o local, não permanecendo no evento”.

Além do deputado, também estava presente Rafael Noventa (PSC), vice-prefeito de Arauá e sobrinho de Valdevan. Durante a festa, ele falou que promoveu a live como uma homenagem ao tio. “Aqui, só quero primeiramente agradecer a Deus, parabenizar meu tio por mais um ano de vida e, graças a Deus, a gente passa todo ano junto e eu quis fazer essa live justamente no aniversário dele”. Nesse momento são ouvidos barulhos de fogos de artifício.

O G1 falou com o vice-prefeito, que disse que a sua assessoria de comunicação enviaria uma nota sobre o caso, mas até a publicação desta reportagem não houve retorno.

Já a prefeitura se manifestou com uma nota da Secretaria Municipal de Saúde, afirmando que notificou a organização do evento, recomendando que fossem tomadas as medidas de prevenção, como o uso de álcool, distanciamento social, uso de máscaras e medidor de temperatura a quem fosse participar da organização e da estrutura do evento. “Salientamos, também, que este ente não recebeu qualquer pedido de autorização para realização do evento aberto ao público, até porque, tratava-se de uma live com transmissão pelas redes sociais”, diz a nota. Segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, Arauá tinha 23 casos confirmados da Covid-19 e quatro mortes causadas pela doença.

O G1 também entrou em contato com o produtor do artista que fez o show. Ele disse que enviaria nota, mas não deu retorno até a publicação desta reportagem.


Polícia

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a Polícia Civil está investigando os vídeos através da Coordenadoria das Delegacias do Interior. Segundo a pasta, há a prática de crimes previstos no Código Penal e que têm sido utilizados por autoridades policiais para responsabilizar pessoas nesse período da quarentena, a exemplo do crime de desobediência e contra a saúde pública.


Por G1 SE

Jair Bolsonaro assina quebra de monopólio em transmissões de jogos esportivos.


Foto: Marcos Corrêa/PR


18/06/20 às 20:08 - Carlos Henrique / TV ITABAIANINHA

O Presidente da República, Jair Bolsonaro assina medida provisória que dá aos clubes mandantes a ter os direitos de transmissão de jogos esportivos.

"Art. 42. Pertence à entidade de prática desportiva mandante o direito de arena sobre o espetáculo desportivo, consistente na prerrogativa exclusiva de negociar, autorizar ou proibir a captação, a fixação, a emissão, a transmissão, a retransmissão ou a reprodução de imagens, por qualquer meio ou processo, do espetáculo desportivo.

Na prática, isso significa que, a partir de agora, o clube passa a ter o direito de transmissão sobre os jogos. Poderá optar, por exemplo, em transmiti-lo em alguma plataforma digital. Antes, a transmissão só poderia ser feita por uma emissora de TV que tivesse fechado negociações com as duas equipes envolvidas no jogo.

Para o diretor do Departamento de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, do Ministério da Cidadania, Christiano Puppi, a edição da MP 984 é um enorme avanço para toda a cadeia do futebol brasileiro. “Ela concede aos times de futebol autonomia pra vender os jogos em que são mandantes, concedendo a garantia do espetáculo que será televisionado. É uma injeção de recurso como nunca vista. Visa, de certa forma, num primeiro momento, reduzir os impactos ocasionados pela Covid-19, mas trará um impacto futuro para os clubes como nunca foi imaginado”, disse.

O texto também define que serão distribuídos, em partes iguais, aos atletas profissionais 5% da receita proveniente da exploração de direitos desportivos audiovisuais, exceto se houver disposição em contrário constante de convenção coletiva de trabalho. Antes, esse valor ficava com os sindicatos de jogadores de futebol.

Clubes menores e bem organizado também pode serem beneficiados com as transmissões pela web ou negociados jogos avulsos com os canais de TV gerando renda para os clubes.

Muitos dirigentes e torcedores analisam que essa decisão além de ser a quebra de um monopólio, é a liberdade econômica nas transmissões das partidas.

Nesta mesma MP, o Presidente editou Medida Provisória (984/2020) que flexibiliza contratos de trabalho de jogadores com clubes de futebol durante a pandemia do novo coronavírus. O texto, publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18), permite aos times firmar contratos de trabalho de no mínimo 30 dias com os atletas profissionais. Pela Lei 9.615, de 1998, conhecida como Lei Pelé, o contrato de trabalho do atleta profissional não podia ter vigência inferior a três meses e nem superior a cinco anos.



Abraham Weintraub deixa o Ministério da Educação



18/06/20 às 17:45 - Carlos Henrique / TV ITABAIANINHA


Weintraub gravou um vídeo ao lado do presidente Jair Bolsonaro para anunciar sua saída. Na gravação, afirmou que mantém o apoio ao governo e que, com sua saída, 'a gente [sua família] vai poder ter a segurança que, hoje, está me deixando muito preocupado'. Weintraub assumirá um cargo no Banco Mundial.


A informação foi dada em um vídeo publicado pelo próprio Weintraub, em que o ministro aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro e lê um texto de despedida.


"Sim, desta vez é verdade. Eu estou saindo do MEC e vou começar a transição agora. Nos próximos dias, eu passo o bastão para o ministro que vai ficar no meu lugar, interino ou definitivo", diz Weintraub.



Ele não quis falar sobre as razões da demissão. "Neste momento, eu não quero discutir os motivos da minha saída, não cabe. O importante é dizer que eu recebi o convite para ser diretor de um banco. Já fui diretor de um banco no passado. Volto ao mesmo cargo, porém no Banco Mundial".





Operação Ásia: investigação revela fraude bilionária na importação de produtos asiáticos





17/06/20 às 20:01 - Carlos Henrique / TV ITABAIANINHA


A Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram, nesta quarta-feira (17), a “Operação Ásia”, com o objetivo de combater esquema de subfaturamento de mercadorias importadas principalmente de países asiáticos, com vultoso montante de tributos sonegados e remessa irregular de divisas através de doleiros. A operação tem como alvo os mentores do esquema, empresas utilizadas pelos grupos investigados e intervenientes que registram as declarações subfaturadas e apresentam documentos falsos às Autoridades Aduaneiras.


As investigações tiveram início quando Auditores-Fiscais da Receita Federal identificaram grupos de despachantes aduaneiros que, de forma recorrente e continuada, registravam Declarações de Importação fraudulentas com valores inferiores aos efetivamente pagos, o que configura o crime de descaminho. Além dos crimes contra a ordem tributária, foram identificados indícios dos crimes de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, associação criminosa e falsidade ideológica.


No decorrer dos trabalhos, os Auditores-Fiscais também detectaram a interposição fraudulenta de terceiros, com o uso de tradings no exterior e no Brasil utilizadas para figurar nas Declarações de Importação em substituição aos reais exportadores ou importadores. Foi identificada ainda a atuação de “consultores em comércio exterior” que possuem escritórios em países como China e EUA e promovem o contato entre importadores brasileiros e fornecedores no exterior já integrados ao esquema de subfaturamento, oferecendo um pacote completo de serviços, que incluía a identificação dos produtos na origem, a emissão da documentação com valores subfaturados, a execução dos procedimentos de exportação no exterior e de importação no Brasil e até a remessa irregular ao exterior do quantum omitido.

O prejuízo aos cofres públicos decorrente da atuação dos investigados é superior a meio bilhão de reais e o volume de recursos enviado de forma ilícita ao exterior supera R$ 5 bilhões.

Estão sendo cumpridos 02 (dois) mandados de prisão temporária e 35 (trinta e cinco) de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal de Fortaleza, para os Municípios de Fortaleza, Eusébio e São Gonçalo do Amarante. As buscas incluem 05 (cinco) mandados para condomínios de luxo. A Justiça Federal decretou também a apreensão de todos os veículos em posse dos principais investigados cujos valores ultrapassem R$ 100.000,00 (cem mil reais). Participam da operação 35 Auditores-Fiscais da Receita Federal, 17 Analistas-Tributários e 130 Policiais Federais.



Com informações da Receita Federal



Morre touro Netuno, destaque da raça girolando no Brasil


Foto: Divulgação


Grande campeão da raça em 2017, deixa uma grande quantidade de filhas de excelente conformação e produção de leite em diversos rebanhos.

Netuno Fiv Braxton Fascinante Volta Fria, touro Girolando filho de Braxton, morreu na última semana. De propriedade de Cristóvão José Rabelo, da Fazenda São Cristóvão, em Eugenópolis, Minas Gerais, Netuno era líder de vendas na bateria Leite Tropical da Select Sires do Brasil, no CCG 5/8 Holandês + 3/8 Gir Leiteiro.

Grande campeão da raça Girolando em 2017, ele deixa uma grande quantidade de filhas de excelente conformação e muito leite em diversos rebanhos nacionais. Segundo os proprietários, “Netuno partiu precocemente, mas o seu legado continua”.

A equipe da TV ITABAIANINHA entrou em contato com Select Sires do Brasil para obter informações concretas sobre a causa da morte do touro NETUNO, a Select Sires do Brasil é uma empresa que promover o melhoramento genético bovino nos rebanhos produtores de carne e leite através da disponibilização da melhor genética disponível no mundo. A informação que chegou para nossa equipe foi que o touro NETUNO morreu de “ataque cardíaco”.



Joice Hasselmann é acusada de usar dinheiro público para produzir fake news

metropoles


De acordo com reportagem veiculada pela CNN Brasil, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) está sendo acusada de orientar a criação de perfis fakes nas redes sociais para “criação de narrativas”.


Para sustentar a denúncia, a emissora ouviu duas pessoas que se dizem ex-assessores da parlamentar. Eles afirmam, de maneira categórica, que a deputada teria usado dinheiro público para financiamento das fake news.


“Ela própria vai monitorar e é para criar sem mimimi”, diz uma das fontes da CNN Brasil.



Segundo os relatos, Joice chegou a determinar a criação de um perfil chamado “Bia Kicis Sórdida” para atacar a deputada Bia Kicis (PSL-DF). Carla Zambelli (PSL-SP) também foi alvo desses mesmos ataques.


“Teve uma época que ela pediu para a equipe toda fazer pelo menos cinco perfis em cada rede social”, diz a outra fonte.


A reportagem ainda reproduziu áudios e conversas que, supostamente, seriam de Joice Hasselmann com ex-funcionários.





AMAZÔNIA LEGAL: Em um dia, Verde Brasil 2 aplica mais de R$ 12 milhões em multas


Brasília (DF), 04/06/2020 - Em menos de 24h, a Operação Verde Brasil 2 aplicou R$ 12.357.518,59 em multas por atividades ilegais na área da Amazônia Legal. Na quarta-feira (03), o Comando Conjunto Barão de Melgaço estabeleceu postos de bloqueio e controle de estradas em diversas localidades de Mato Grosso, com o emprego de militares do 66° Batalhão de Infantaria Motorizado e do 47º Batalhão de Infantaria. As ações resultaram na revista de 96 veículos e multas no valor de R$ 8.584.730,00.


O Comando Conjunto Príncipe da Beira realizou ações de inspeção naval, fiscalização de madeireiras, postos de bloqueio e controle de estradas e patrulha motorizada, terrestre, fluvial e aeromóvel. Os militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira (FAB) atuam em conjunto com a Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental, SEDAM, IBAMA, ICMBio e Força Nacional de Segurança Pública. Foram aplicadas multas que somam R$ 3.872.788,59 durante as revistas de 231 veículos, 94 embarcações e uma aeronave. Foram apreendidos, ainda, caminhões, semirreboques, dinheiro e mais de 5,7 mil metros cúbicos de madeira ilegal.


Também na área do Comando Conjunto Príncipe da Beira, o Comando de Fronteira Juruá/61° Batalhão de Infantaria de Selva apreendeu embarcação que transportava grande quantidade de animais silvestres. Em Guajará, Amazonas, o Batalhão operou em parceria com o IBAMA e a inteligência da Polícia Federal durante o patrulhamento fluvial no Rio Juruá. Duas pessoas foram detidas e, além da embarcação, foram apreendidas armas e animais, como porcos queixada, veados, tatus, aves, macacos, entre outros. Os animais encontrados vivos serão reintroduzidos na natureza pelo IBAMA.


As mesmas ações foram realizadas no Pará pelo Comando Conjunto Marechal Soares de Andrea, com revistas em embarcações por parte da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, do Grupamento da Patrulha Naval do Norte e do Centro de Hidrografia e Navegação do Norte. As Organizações Militares do Exército, além de patrulha motorizada e apoio a órgãos civis, permanecem realizando ações de conscientização da população sobre educação ambiental em Marabá. A FAB acumula 250 horas de voo em missões da Operação e, na quarta-feira, empregou um C-98 Caravan para cumprir transporte aéreo entre as bases estabelecidas pelo Comando.



Resultados


Desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em 11 de maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram inspeção naval em 1,4 mil embarcações, das quais 91 foram apreendidas. Nos postos de bloqueio e controle de estradas, vistoriaram mais de 3,3 mil veículos, retendo 92 desses por irregularidades. Mais de 13,5 mil metros cúbicos de madeira ilegal também foram confiscados. Até o momento, mais de R$ 36 milhões foram aplicados em multas e termos de infração.


Operação Verde Brasil 2


A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pela Vice-Presidência da República, em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal. A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020, e tem validade para o período de 11 de maio a 10 de junho do corrente ano.


Para cumprir a determinação presidencial, o Ministério da Defesa ativou três Comandos Conjuntos. São eles: Comando Conjunto Príncipe da Beira (CCj PB), em Porto Velho (RO); Comando Conjunto Barão de Melgaço (CCj BM), em Cuiabá (MT); e Comando Conjunto Marechal Soares de Andrea (CCj MSA), em Belém (PA). Assim como na Operação Verde Brasil ocorrida em 2019, o Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa coordena as atividades a partir de Brasília (DF). Ainda participam da missão integrantes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).



Por Tenente Felipe Bueno, com Comandos Conjuntos

Fotos: Divulgação das Forças Armadas

Covid-19: primeira vacina testada em humanos tem resultado positivo



Descoberta levou a otimismo no mercado financeiro e Ibovespa teve alta de 3,3% nesta manhã

A farmacêutica Moderna disse na segunda-feira que a primeira vacina contra o coronavírus a ser testada em pessoas parece ser segura e capaz de estimular uma resposta imune contra o vírus.

 

As descobertas, que ajudaram a promover uma manifestação em Wall Street , são baseadas nos resultados das oito primeiras pessoas que receberam duas doses da vacina experimental, a partir de março.

 

Essas pessoas, voluntários saudáveis, produziram anticorpos que foram testados em células humanas no laboratório e foram capazes de impedir a replicação do vírus - o principal requisito para uma vacina eficaz. Os níveis dos chamados anticorpos neutralizantes correspondiam aos encontrados em pacientes que se recuperaram após contrair o vírus na comunidade.

 

Dados limitados da fase inicial , no entanto , deixam muita incerteza em torno do sucesso potencial da vacina.

Dezenas de empresas nos Estados Unidos, Europa e China estão correndo para produzir vacinas, usando métodos diferentes.


O anúncio de Moderna veio apenas alguns dias depois que o presidente Trump nomeou líderes pelo esforço do governo americano para acelerar o desenvolvimento de uma vacina, e a empresa disse que está seguindo um cronograma acelerado, com a segunda fase envolvendo 600 pessoas para começar em breve, e uma terceira fase, que começará em julho, envolvendo milhares de pessoas saudáveis. A Food and Drug Administration deu a Moderna a aprovação para a segunda fase no início deste mês.


Se esses testes derem certo, uma vacina poderá ficar disponível para uso generalizado até o final deste ano ou no início de 2021, disse o Dr. Tal Zaks, diretor médico da Moderna, em entrevista.


Com o otimismo alavancado pela descoberta inicial positiva, o mercado de ações americano teve alta nas bolsas nesta segunda-feira, o que refletiu no mercado brasileiro. Por volta das 11h da manhã, o Ibovespa apresentava alta de 3,3% e marcava 80.116 pontos.





Reprodução: NyTimes




Curta A TV ITABAIANINHA No Instagram: clique aqui



A TV Itabaianinha é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos em Itabaianinha, Sergipe, Brasil e Mundo. Contribua: Catarse.me 

Mulher mata marido, diz que morreu de Covid-19



Em um incidente chocante, uma mulher supostamente matou o marido em Ashok Vihar, no noroeste de Délhi. A mulher se uniu a seu amante para matar o marido e tentou passar o assassinato como uma morte em Covid-19. Os moradores informaram a polícia. Mais tarde, a polícia interrompeu a cremação e conseguiu uma autópsia no corpo. Foi revelado na autópsia que o homem havia sido sufocado até a morte. A polícia disse que o falecido, Ashok Dass, administrava uma pequena loja na área de Ashok Vihar.


Curta A TV ITABAIANINHA No Instagram: clique aqui


Fonte: TOI.in

Navio da Venezuela afunda depois de abrir fogo contra Cruzeiro Turístico português.


No mês passado, um cruzeiro português chamado Resolute, da empresa turística Columbia, estava fazendo uma manutenção em águas internacionais, a 24km de uma ilha chamada La Tortuga, quando, segundo a empresa, foi atacado por disparos efetuados de uma embarcação da Marinha venezuelana, que afundou após se chocar contra o casco reforçado do navio português.



Curta A TV ITABAIANINHA No Instagram: clique aqui



ITABAIANINHA: COMÉRCIO DIVIDE OPINIÕES SOBRE AS NOVAS MEDIDAS DE BLOQUEIO ADOTADAS PELA SMTT

Estacionamento da praça Olímpio Campos bloqueada - Foto: TV Itabaianinha/Carlos Henrique


Por Carlos Henrique | Repórter: Teddy Fontes

Foi registrado grande movimentação no centro de Itabaianinha nesta segunda-feira (20), mesmo com recomendações de isolamento e bloqueios dos estacionamentos para impedir aglomerações.

Motoristas não conseguiram estacionar nas ruas: Francisco Severo (conhecida como Pedro Alves De Macedo), Eurico Monteiro Alves e Praça Tenysson Fontes na manhã desta segunda-feira (20). 

De acordo com a SMTT de Itabaianinha, o bloqueio é para evitar aglomeração de pessoas no centro da cidade durante o combate ao novo coronavírus (COVID-19).


Procuramos os comerciários para sabermos o que eles acharam sobre as novas medidas de bloqueio adotadas pela SMTT.


Entrevistamos o comerciário Benicio Santana popularmente conhecido como Zominho, e ele disse isso causa mais tumulto, vai ficar sem lugar onde o pessoal vim pra o comércio, pra qualquer ação que ele venha fazer na cidade não tem onde colocar um carro, só vai criar mais tumulto, mais aglomerações de pessoas”.


Porém para o comerciário Antônio Francisco os bloqueios não trouxe nenhum transtorno para seu estabelecimento:

eu não fui ouvido não me perguntaram não, eu acho que pra mim não faz diferença não, aí tanto faz, ficar fechado ou não, pra mim tá bom”.


Nossa produção entrou em contato com a SMTT de Itabaianinha, a qual foi atendida pelo senhor Antônio Menezes (superintendente da SMTT), que nos passou maiores informações, sobre o bloqueio dos estacionamentos:

É importante frisar que nós temos na cidade aglomerações na área central que são aproximações na verdade de áreas de pólos geradores de tráfegos, a exemplos dos bancos, lotéricas, que faz o pagamento do Auxílio Emergencial, do Governo Federal e dos supermercados aqui, na região central… foi proibido ontem a noite (19/04), éee há alguns trechos de estacionamento, seguindo recomendações do Ministério Público aqui em Itabaianinha’’.


Maiores detalhes dessa matéria, assistam no vídeo abaixo.







Curta A TV ITABAIANINHA No Instagram: clique aqui